Portal de notícias do profissional de crédito.

‘Gadgets’ lastreando crédito, a exemplo de veículos e imóveis?

NotíciasIGGs

‘Gadgets’ lastreando crédito, a exemplo de veículos e imóveis?

Debatida ontem em evento do Ipea, possibilidade de adicionar computadores e celulares ao rol de bens oferecidos para garantir empréstimos é defendida pela ABFintechs  

O espaço para ideias assim continua aberto, na esteira da votação – aguardada para breve – do Projeto de Lei 4.188/2021, que tramita na Câmara Federal, e cujos destaques até aqui incluem a criação das Instituições Garantidoras de Crédito (IGGs), com as quais segmentos como o Home Equity tendem a receber grande impulso.

Aliás, as fintechs esperam o mesmo em relação ao aproveitamento de notebooks, smartphones e até mesmo o parque de informática instalado – no caso das empresas igualmente interessadas em migrar parte de suas demandas financeiras para uma das modalidades de crédito menos caras na atualidade.

Com a vinda deste novo marco regulatório, Diego Perez, atual presidente da entidade que representa as fintechs no país, disse contar com maior flexibilidade na esfera das garantias, tendo em vista que seu segmento atende os públicos C, D e E, onde cerca de 60% das concessões carecem de imóveis e veículos, por exemplo, para lastreá-las.

Parte das barreiras neste campo, contudo, o presidente da ABFintechs considera em vias de superação, caso o PL a ser votado em Brasília tenha sua aprovação complementada pela Medida Provisória 1.085/2021, por meio da qual os cartórios de registros serão interligados em sistema único, simplificação burocrática e fonte de escalabilidade há muito esperada pelo setor.

Fonte: Valor Econômico 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://infocredi360.com.br/

No Internet Connection