Portal de notícias do profissional de crédito.

Crédito imobiliário já sente reflexos da alta nos juros

NotíciasIMÓVEIS

Crédito imobiliário já sente reflexos da alta nos juros

Após o boom de financiamentos, quando a Selic batia sucessivos recordes de baixa - entre o final de 2020 e o início do ano passado -, setor hoje vive em ritmo bem menor 

Segundo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) os financiamentos de imóveis cresceram 28% em novembro último, na comparação ao mesmo mês do ano anterior.

A possível exuberância desse dado logo cai por terra, se imaginarmos que em março, quando a escalada da Selic ainda não havia começado, o segmento acumulou expansão de 172,7% em 12 meses.

Outra consequência já detectada pelo mercado da nova realidade envolvendo o custo do dinheiro no país é uma pequena alta nos índices de inadimplência, até então considerados diminutos frente ao complicado quadro trazido pela crise sanitária.

Mesmo diante de tais sinais preocupantes, a Caixa Econômica Federal prevê que o segmento cresça pelo menos 10% este ano, expectativa que o banco estatal acalenta, no seu caso em particular, a taxas ainda na faixa dos 8,3% ao ano + TR, enquanto a maior parte da concorrência já beira os dois dígitos.

Trunfo igualmente expressivo anunciado pela Caixa é a disposição de negociar com a máxima flexibilidade possível, para evitar que dificuldades financeiras pontuais dos mutuários acarretem a solução extrema de retomada do imóvel.


Fonte: Uol Economia 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://infocredi360.com.br/

No Internet Connection