Portal de notícias do profissional de crédito.

Quem ganha, de fato, com a transformação digital financeira?

Conteúdos ExclusivosFINTECH

Quem ganha, de fato, com a transformação digital financeira?

Empreendedores querendo viabilizar suas ideias e usuários ansiosos por serviços melhores e mais acessíveis são alguns dos principais beneficiários do boom das fintechs no país

Quase 6% das 13 mil startups existentes no Brasil já são as que unem finanças e tecnologia, ou seja, as fintechs, denominação consagrada para esta alternativa cada vez mais familiar entre nós como opção às instituições financeiras tradicionais.

A partir de brechasdeixadas pelos seus concorrentes mais experientes e poderosos – tanto em estrutura quanto capilaridade – por nem sempre atender plenamente as necessidades do mercado – esses novos players foram, pouco a pouco, ocupando o seu espaço.

Os números trazidos à tona pela Abstartups (Associação Brasileira de Startups) se confirmam com o fato de, provavelmente, você, ou algum parente ou amigo seu já ter obtido empréstimo; antecipado recebíveis ou aberto conta corrente em minutos, via portais na internet e aplicativos baixados no smartphone.

O ponto em comum entre a atuação das fintechs em áreas assim e o apressar de passo dos grandes bancos, para não perder mais terreno ainda, é a utilização de uma extensa base de informações.

Formar tal acervo e cruzá-lo de maneira eficazimplica a utilização intensiva de Big Data, Machine Learning e outras ferramentas típicas da Inteligência Artificial.

Antes mesmo que a pandemia realçasse a importância de atendimento bancário via chatbots, por exemplo, o brasileiro já vinha diminuindo suas idas aos bancos e esta cultura só tem crescido.

Boa parte das mudanças já ocorridas e em curso se origina de projetos e leis flexibilizando a atuação no campo financeiro, espaço agilmente explorado pelas fintechs, de cuja decolagem efetiva e sem volta ninguém mais duvida.

Eis, sem dúvida, um aspecto altamente positivo, em meio às muitas ameaças da conjuntura atual, pois quanto mais incentivo o empreendedorismo nacional receber para cumprir sua missão de inovar e gerar empregos, melhor.

Ao mesmo tempo, pessoas físicas e jurídicas, de uma forma geral, encontrando maior respaldo para equilibrar suas finanças e realizar seus sonhos, mais rapidamente deveremos sair da tempestade e, de novo, voar mais alto e com menos turbulência.

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://infocredi360.com.br/

No Internet Connection