Portal de notícias do profissional de crédito.

“Depois das fintechs, vêm aí as ESGtechs”

Conteúdos ExclusivosCLIPPING

“Depois das fintechs, vêm aí as ESGtechs”

Publicado com este título pelo jornal O Estado de São Paulo na última sexta (3), caderno sobre as práticas ESG inseridas nos mundos financeiro e tecnológico teve o CEO do Vadu, Michel Varon, entre os entrevistados 

O especial, de 37 páginas, reuniu algumas das principais autoridades do país neste tema, com a presença de empresas como Mercado Pago e o presidente da Associação Brasileira de Fintechs (ABFINTECHS), Diego Perez.

A participação de Varon teve como mote os rumos prováveis da análise de crédito, frente a estes novos tempos. "Na hora de conceder crédito, é importante também avaliar os riscos ambientais", disse ele, ao lembrar que o Vadu acaba de lançar um produto justamente com este fim.

Trata-se do indicador ESG Monitore, índice cuja finalidade é detectar "se a empresa que você está financiando não é poluidora ou se segue todas as práticas impostas", exemplificou o CEO do Vadu na ampla reportagem.

"O Vadu juntou informações públicas sobre as empresas e montou uma classificação para companhias potencialmente poluidoras ou utilizadoras de recursos naturais, de acordo com o segmento e a região em que atua", menciona o jornal.

"A plataforma atrela Inteligência Artificial às bases de dados do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), da Receita Federal e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), seguindo a norma do Banco Central de regras de gerenciamento de risco", acrescenta o texto deste Caderno Especial, cuja íntegra pode ser lida aqui:

https://www.estadao.com.br/infograficos/economia,depois-das-fintechs-vem-ai-as-esgtechs,1210530 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://infocredi360.com.br/

No Internet Connection